A preservação da vida é um dos propósitos mais importantes que todas as religiões e ideologias devem buscar em seus ensinamentos e orientações, pois, é nela que a sociedade e as nações sobrevivem. Por isso, ao escolhermos acompanhar uma crença ou grupo, estes devem deixar claro que todos os seguidores e adeptos trabalham para salvar a própria vida e a dos demais.

Portanto, não há uma ideologia justa que busque ou oriente a destruição de seus adeptos ou de outros, mas isso ocorre, por conta do desvio de alguns seguidores ou por algumas pessoas não seguirem essas crenças e aplicarem seus ideais.

Por isso, a religião islâmica tem em seus ensinamentos o cuidado pela vida dos adeptos e dos demais, porque, dessa forma, se todos estiverem bem, a sociedade também estará, assim como a nação.

Quando falamos de vida, abordamos também a prevenção contra qualquer caminho ou ato que a coloque em risco. Ou seja, assim como Deus diz no Alcorão sagrado: “Quem matar uma pessoa inocente, é como se tivesse assassinado toda a Humanidade e que salvá-la, é como se tivesse salvo todas as pessoas” Surata 5:32. Brincar com a nossa vida ou com a dos outros, não é senão, uma agressão contra o nosso Criador e contra a Sociedade. Esta verdade engloba todos os tipos de armas, veículos e, principalmente, drogas, sendo elas, as chamadas “lícitas” ou ilícitas, pois, todas levam à perdição, nesta vida e na próxima, portanto, não há benefício algum, mas somente tristeza em todos os sentidos e níveis e para toda a Humanidade.

Uma sociedade ou nação que quer ser feliz e desenvolvida nos mais diversos aspectos, não pode aceitar o uso desse tipo de meios que acabam com seus integrantes e com ela mesma, mas, combater esses males com toda a força. Este enfrentamento não ocorre apenas por meio das leis, mas, principalmente, com conscientização de todas as pessoas: líderes, autoridades, pais, professores e jovens.

É preciso um trabalho de diversos atores sociais, mesmo que sejam de diversas crenças e ideologias, unidos no mesmo propósito, para criarem uma forma de levar essa consciência a todas as pessoas, mostrando os perigos que ameaçam a nossa vida e a dos nossos familiares e amigos. Desta forma, todos os templos, instituições educacionais, grupos e indivíduos, terão oportunidade de participarem na proteção e preservação da vida de todos!

Parceiros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *