OS RISCOS DO USO DA MACONHA NA FAMÍLIA, NA INFÂNCIA E NA JUVENTUDE

Esta cartilha deseja corresponder ao clamor das famílias, que desde os primeiros momentos de existência desta secretaria, solicitaram a nós um cuidado especial para impedir o acesso das drogas aos lares e o desencadeamento de suas tristes consequências: dependência, evasão escolar, destruição dos laços familiares, danos à saúde, suicídio, pobreza e risco de morte.
Como vemos que falta ainda uma boa informação para orientar as famílias sobre a gravidade do uso recreativo, apresentado como inofensivo, bem como sobre a eficácia do uso terapêutico, vimos muito oportuno publicar material técnico que possa auxiliar seu discernimento e ajudar também outras
famílias.
Não desejamos que, em nome da liberdade, abram-se as portas para a escravidão e para a manipulação. Apostamos, sim, em horizontes mais elevados para o futuro de nossa Nação.

Clique aqui para baixar este texto na íntegra.

Angela Gandra
Secretária Nacional da Família
Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Parceiros