É bem provável que você não apenas ouviu como já deve ter repetido essa ideia de que lá na frente, o serviço vai dobrar. É bem engraçado essa mania que a gente tem de exaltar o difícil, o trabalhoso. Como se desejássemos o insucesso de todos!

Se alguém fala “eu vou casar”, logo surgem as frases, casamento é difícil, tem brigas, tem desentendimentos! Se vai ter filhos, eles custam caro, a vida é difícil, a educação é trabalhosa e a saúde mais dispendiosa ainda! Como se não houvéssemos casado e nem tivéssemos filhos!

Na contramão dessa tendência negativista, o sábio Salomão deixou registrado um pequeno provérbio de sabedoria que nos provoca uma reflexão: “discipline seu filho enquanto ainda tem oportunidade; fazer tudo o que querem, acabará com a vida deles!” (Provérbios 19.18 BLC)

Tratando de família e espiritualidade, eis alguns desafios pra pais que estão no front de batalha na educação dos filhos.

Em primeiro lugar, o provérbio nos mostra que filhos precisam de orientação, de caminho, pois não nascem prontos nem sábios. A ideia da disciplina tem relação com dar um norte, oferecer valores, criar um limite para que saibam o terreno que pisam. Um filho criado sem essas cercas de proteção, poderá se tornar um fardo dobrado

Depois, é preciso entender que a educação não pode ser terceirizada. Escolas, igrejas, estado ou mesmo a sociedade podem até ser parceiros e somar no processo, mas nunca são os responsáveis primários de criação de filhos. Não foi em vão que a citação fala de oportunidade. Se você é daquele que vive tão longe de casa, as oportunidades serão escassas!

A seguir, é importante entender o principio da autoridade. Famílias em que os filhos são o centro da vida, perdem o sentido. Os pais são guardiões dos filhos, não serviçais. Pais são guias, não babás! A busca por satisfazer todas as vontades é de um filho, é o caminho para perde-lo, e pior, pra que ele se perca no caminho!

Penso que a frase deveria ser refeita, filhos criados, trabalho recompensado! Filhos criados, pais sossegados!

Uma palavra de esperança: é provável que você ainda esteja no tempo de oportunidades, ainda dá pra dar norte. Então: faça o que está em suas mãos! Acredite e ofereça no mínimo o melhor, para que lá na frente, descanse!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *