Atenta aos avanços dos tratamentos para os dependentes químicos, a revista Dependência Química & Saúde Mental convidou o Dr. Eduardo Luiz da Rocha Cesar, fundador da Clínica Movimente, especialista no tratamento de transtornos relativos às substâncias psicoativas, para explicar como é o programa para tratamento de alcoolistas e por que tem chamado a atenção dos profissionais da área e dos magistrados.

Dependência Química: vamos começar pela estrutura, onde fica a internação do paciente?

Dr. Eduardo:

A internação é no Instituto de Psiquiatria no prédio da Medicina USP, na enfermaria para pacientes com comportamentos impulsivos, onde há doze leitos. Dois foram reservados exclusivamente para pesquisas e tratamento de alcoolistas para receberem cuidados permanentes. A estrutura montada onde é oferecido o tratamento recebeu o Selo de Excelência da Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Quem ministra o tratamento e as pesquisas?

O tratamento é uma parceria da Clínica Movimente, da equipe da USP e do Hospital das Clínicas de São Paulo. Médicos especialistas em psiquiatria, alinhados ao rigor sublimado do hospital escola, garantem a excelência do atendimento. O treinamento das equipes de apoio permite atender as necessidades específicas de cada. O trabalho desses profissionais inclui além de uma assistência especializada disponível 24 horas, a preparação dos pacientes para retomar as atividades cotidianas após a alta hospitalar.

É sabido que o comportamento dos alcoolistas é extremamente complexo. Como a equipe atua nos momentos onde a assistência tem que ser imediata?


A equipe é hábil e ágil. A estrutura conta com profissionais experientes e tecnologia hospitalar de ponta prontos para atuarem em qualquer emergência. É possível contar com o uso imediato de uma UTI semi-intensiva.

No que consiste o tratamento e por que tem atraído pacientes até de outros países?

O Programa de Estudos de Álcool e Drogas (GREA) no IPq, atende homens alcoolistas entre 18 a 60 anos. São 40 dias com todo o protocolo convencional de tratamento com médico psiquiátrico, terapia psicológica, assistência social e terapia familiar. Entretanto, o programa inclui 16 sessões de exercício aeróbio que faz toda a diferença nos resultados altamente positivos. Entre os critérios de inclusão é avaliada a influencia desses exercícios em sintomas de fissura no tratamento da dependência de álcool.

E o apoio familiar, os parentes podem visitar os pacientes durante o tratamento?

O apoio da família e dos amigos é imprescindível na evolução dos resultados na saúde física principalmente na emocional do paciente.

O tratamento, essencialmente humanizado, libera a presença de duas pessoas para visitas diárias.

E as pesquisas que fazem parte do tratamento?

Tudo o que se refere ao tratamento e as pesquisas é inédito. São aplicados até 126 testes. Os custos são elevados, chegam a custar quase mil reais, porém, nada é cobrado do paciente. Temos recebido alcoolistas de diferentes regiões do Brasil e também de outros países.

As intervenções terapêuticas focadas no aparelho respiratório manifestam resultados altamente satisfatórios à reabilitação.

O número de reabilitações exitosas comprova o sucesso do tratamento proposto, finaliza o Dr. Eduardo.

Importante lembrar que para receber Informações e fazer inscrições para triagem basta ligar para whatsapp: (11) 99666-2627 e enviar uma mensagem.

Dr. Eduardo Luiz da Rocha Cesar
Bacharel em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista UNESP (2001).
Especialista em Dependência Química pelo Grupo Interdisciplinar de Estudos do Álcool e outras Drogas do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo GREA-IPq-FMUSP (2008).
Fundador da Clínica Movimente

Experiente na área de Educação Física, com ênfase em reabilitação física no tratamento de indivíduos portadores de transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas e outros transtornos psiquiátricos.

Site: www.movimentereabilita.com.br
Telefone: (11) 999666-9024

Instagram: @clinicamovimentereabilita

Parceiros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *