A importância do Plano de Prevenção à Recaída

O plano de prevenção à recaída é um mecanismo em que o indivíduo em tratamento fala quais são suas situações de risco e situações de prevenção. De maneira individual e subjetiva, aponta quais são as situações que podem levar a uma recaída e situações que podem prevenir uma recaída.


É falado sobre evitar hábitos, lugares e pessoa. E isso é importante, mas o tratamento não pode se basear apenas nisso, pois há alguns lugares e algumas situações que não são tão fáceis de evitar e alguns hábitos levam tempo para que a verdadeira mudança venha de maneira espontânea e natural.

É importante ressaltar que um dos grandes motivos que levam à recaída são os sentimentos que não são trabalhados em cada sujeito. Esses sentimentos podem ser raiva, frustração, solidão e muitos outros, porém só quem pode dizer é o próprio sujeito.
Já as situações de prevenção a uma recaída são apontadas quando a própria pessoa identifica quais são os fatores que podem ajudar numa prevenção à recaída. Os mais comuns são família, grupos de auto ajuda, espiritualidade e algum exercício físico, porém, mais uma vez só o indivíduo que pode selecionar quais são essas situações.


De toda maneira, os sujeitos precisam continuar o tratamento, pois, quando situações de risco são difíceis de evitar ou quando essas situações são sentimentos e emoções, é necessário criar habilidades para lidar com essas situações. Quando essas situações acontecem e não se está em tratamento, há a possibilidade para uma recaída.


Se o sujeito não consegue ter ideias para criar suas situações de risco e suas situações de prevenção, é sugestionado que ele avalie as situações, os lugares, os hábitos, as pessoas e os sentimentos que o levaram uso. E aí são identificadas as situações que apresentam risco. Já para a as situações de prevenção, é sugestionado que se faça uma análise sobre as coisas que não o levariam ao uso, ou que poderiam ajudar a prevenir uma recaída.


O tratamento da dependência química precisa ser contínuo e permanente, uma vez que é uma doença incurável. E o plano de prevenção à recaída é uma das ferramentas mais fortes para se continuar em recuperação.

Parceiros